25 maio 2009

Blogs e as linhas

Direto ao ponto: porque raios os jornalistas que viraram blogueiros profissionais só escrevem uma frase por linha?!?!? PQP, não existem mais parágrafos, não existem mais construções, fluência de texto, idéias encadeadas?

"Pelo que eu vi na televisão, sim.

Para mim, aconteceu a penalidade.

O árbitro errou."
(do blog do Cosme Rímoli)

São três frases falando exatamente da mesma coisa, desenvolvendo uma idéia. Porra, aprendi na segunda série do ensino fundamental que você deve dividir parágrafos quando muda o argumento, ou a idéia, ou algo assim. Será que os blogueiros profissionais cabularam essa aula?!?

Acho que eles pensam que o texto fica com mais impacto assim. Como se toda frase fosse de efeito e, isolada com uma linha só pra ela, ganhe mais impacto.

"O ÁRBITRO ERROU". (ooooooooh!!!!)

Cacete, coloca as frases na mesma linha, faz favor??? Veja que bonito.

"Pelo que eu vi na televisão, sim. Para mim, aconteceu a penalidade. O árbitro errou."

Até é legal isolar uma ou outra frase para destacar, deixa a leitura rápida, ok. Mas todas? Daqui a pouco vão isolar uma palavra por linha.

vai

se

catar

Start talking "a sensationalist"
Oh he's slightly clever to just a certain extent
If you talk you better walk you better keep your mouth shut
With more than good hooks while you're all under the gun

Marcadores:

4 Comentários:

Blogger Luiz Felipe disse...

juca kfouri tb é mestre nisso.
não que meus textos sejam geniais. mas sei que esse erro eu não cometo.

4:52 PM  
Blogger Pedro Schaffa disse...

Por que você pôs o "por quê" junto, se "porque", quando é usado para perguntar, é separado?

11:10 PM  
Blogger Paulo Luis Santos disse...

por que eu nao sei escrever!

10:54 AM  
Blogger Aloísio da Cidade disse...

sua resposta aqui foi mestre... mas eu discordo do post! Acho q sim, a leitura fica mais rápida. Na web mts vezes é bom encadear as idéias de maneira diferente que no impresso (aquele que vc aprendeu na 2a serie (ou será terceiro ano, sei lá..)!! :-)

6:58 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial