30 dezembro 2005

Nazistas

Fui ao Detran tirar minha CNH. Meu amigo Folaks Kuerten perdeu a que eu tinha em festa à fantasia, em agosto passado. Quatro meses depois, tomei vergonha na cara.

Fui tirar as fotos em uma máquina antiga, daquela que dá três flashes e permite que se faça três poses diferentes. Caprichei na cara de sério da primeira, fiz um sorrisinho comum na segunda, e fiz cara de Calvin, do Calvin & Haroldo, na terceira. Cara de Calvin quando recebe o prato de comida da mãe, a gororoba verde.

Fui ao Detran e dei para a menininha a foto Calvin, é claro. Após risadas incontidas dela e de todos os atendentes a quem ela mostrou a imagem 3 x 4, veio a recomendação: "acho que eles não deixam usar uma foto assim. Melhor você por uma normal". Obedeci.

Então, ela me devolveu o formulário preenchido, a guia de pagamento e a foto (sorrisinho) para eu pagar tuido e me dirigir a outro guichê. Nem pensei duas vezes: troquei a foto sorrisinho pela Calvin. Malandro é o Cavalo Marinho.

Paguei, deixei tudo com o cara no outro guichê, ele colou a foto Calvin na ficha. Sensacional! Era só questão de tempo até ter a única CNH expressiva do país.

Três horas depois, volto feliz da vida e pergunto se ficou pronta. Procura, procura, não acha. Acha, sim, um papelzinho: Paulo Luis Barbosa dos Santos - problemas com a foto.

"Ih, deu problema na foto"
"Puxa vida, o que será que aconteceu?"

Veio a supervisora, me deu um come sem tamanho, dizendo que eu tinha sido alertado e blablabla. Resultado: chupa Paulo, que precisou voltar no dia seguinte ao Poupatempo Santo Amaro, que fica na PQP.

Mas valeu a pena. A foto ficou parecida com as caretas do Calvin, meu ídolo das HQs:



2 Comentários:

Anonymous Li disse...

Q foto horrível!! Só vc mesmo!
bjos,
Li

8:20 PM  
Anonymous Lúcia disse...

hahahaha, animal! Feliz 2006, Paulo!!!
Beijinho,

9:56 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial